ROTEIRIZAÇÃO TURÍSTICA COMO INSTRUMENTO DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL: O ROTEIRO ‘VERDE QUE TE QUERO VERDE’ DE CAMPO MAGRO/PARANÁ (BRASIL)

  • Clotilde Zai Universidade Federal do Paraná
  • Cicilian Luiza Löwen Sahr Universidade Federal do Paraná e Universidade Estadual de Ponta Grossa
Palavras-chave: Roteirização Turística, Desenvolvimento Territorial, Campo Magro/Paraná/Brasil.

Resumo

O turismo vem contribuindo para o desenvolvimento do entorno rural do Aglomerado Urbano de Curitiba, região de grande concentração urbana localizada no leste do estado do Paraná. Roteiros turísticos rurais são os instrumentos utilizados para o fomento desse desenvolvimento. Analisa-se aqui a articulação entre roteirização turística e desenvolvimento territorial a partir da constituição de sistemas de autogovernança: as associações de roteiros. O aprofundamento empírico se volta ao roteiro ‘Verde que te quero verde’, que se localiza no município de Campo Magro. A abordagem utilizada é qualitativa e se pauta em entrevista de profundidade e observação in loco. Avalia-se o potencial natural e cultural explorado, as transformações ocorridas no sistema produtivo local, o processo de gestão do roteiro, as relações entre o roteiro e o Aglomerado Urbano de Curitiba, bem como, os impactos positivos e negativos gerados pela atividade turística. O roteiro, que tem Curitiba como principal público consumidor, apresenta-se como um exemplo de sucesso em termos de desenvolvimento territorial rural. Ele explora os potenciais da produção agroecológica, das festas típicas, da gastronomia, da natureza e da arquitetura, agregando valor aos produtos e as propriedades rurais por meio de parcerias e qualificação dos empreendedores.

Publicado
2019-05-10
Secção
Artigos